Empresa paulista é a primeira a ser instalada em Lages devido aos voos


Categoria Economia
Publicado em 17/08/2016




O prefeito Elizeu Mattos recebeu, na tarde desta terça-feira (9), o empresário Eduardo Ferreira Lobo, de Indaiatuba (SP). Ele está em Lages com o objetivo de construir uma fábrica voltada à indústria de alimentos, com enfoque na transformação de ovos. Trata-se de um processo altamente tecnológico e moderno em que o varejo receberá ovo em pó e em líquido, além de gemada e maionese diferenciadas. A ideia é oportunizar ao público produtos que antigamente já se consumia e tornar sua utilização mais facilitada nos dias contemporâneos. “A prefeitura apoia a iniciativa”, garante Elizeu.

Até galináceos considerados de idade avançada poderão ser aproveitados e encaminhados para transformação através de sua industrialização na própria unidade, tornando-se artigos nobres. “Estamos elaborando o processo para trabalhar na indústria de ovos a fim de contribuir para a vida cotidiana do consumidor”, acrescenta Eduardo. O nome da empresa não foi divulgado, mas possui grande parceria de outra, detentora de know-how na administração de negócios. Em São Paulo, Eduardo tem uma unidade, com destinação da produção à indústria pesada – fábricas de macarrão, maionese e de rações. Há 72 funcionários.

Entre 40 e 50 postos de trabalho em Lages

Lages recebe o primeiro investimento da empresa fora de São Paulo. A área territorial de 60 mil metros quadrados foi adquirida no fim de 2015 e está situada no distrito de Índios. A estrutura deverá oportunizar a abertura de 40 a 50 postos de trabalho. Contabilizados os galpões de produção, a área construída chega a oito mil metros quadrados. A ideia é produzir e industrializar no mesmo local, com a implantação de uma granja para manutenção dos animais.

Por enquanto aguarda-se uma melhoria no quadro econômico nacional para que as obras sejam iniciadas e o novo produto possa ser lançado no mercado, sob um panorama condicional melhor do que o atual. “A inspeção federal que se conquista em Lages torna a empresa apta a comercializar seus produtos para o Brasil inteiro. Esta é uma das vantagens de estrategicamente nos instalarmos em Santa Catarina”, complementa o empresário.

Empenho da prefeitura

A administração pública municipal desempenhou forte papel no processo ao atrair a empresa paulista para solo lageano, configurando como uma das protagonistas da busca e prospecção do empreendimento. O início do caminho percorrido com êxito se deu em outubro do ano passado, quando o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Juliano Chiodelli, e o então procurador-geral do Município, Maurício Batalha, atenderam Eduardo Ferreira Lobo em um hotel em Florianópolis.

Na oportunidade foi marcada uma reunião em Lages e desde então transcorrem as tratativas, se intensificando com o passar dos meses, com sinalização positiva para a Serra catarinense, com reversão do quadro que se apresentava, uma vez que o empresário primeiramente consultava cidades litorâneas cogitando a instalação. “Apresentamos todas as vantagens, como localização geográfica, potencial econômico para o negócio, regularidade de voos e incentivos fiscais e econômicos da prefeitura”, sublinha Chiodelli.

Voos foram determinantes para a decisão

A batida do martelo sobre a instalação em Lages levou esse tempo por conta da recessão econômica vivenciada em nível nacional e devido à falta de voos diários até São Paulo (aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas), o que desde 28 de junho já não é mais empecilho. “Um dos fatores primordiais para a vinda da empresa era o voo estar ativo, pela proximidade entre Indaiatuba e Campinas - apenas 29 quilômetros. O empresário sempre me telefonava a fim de atualizar informações sobre os voos regulares com atuação da Azul. Agora ele pousa e decola direto de Lages para sua cidade, questão fundamental para investir em nossa cidade”, recorda Chiodelli.

Ele enfatiza que o aeroporto pode trazer, sim, desenvolvimento ao município. “Eduardo é o primeiro empresário a ter seu empreendimento instalado em Lages em função dos voos da Azul. O voo eliminou a dificuldade pré-existente de administrar uma empresa em São Paulo e outra em Lages”, analisa o secretário. O empreendedor poderá chegar em Lages às 15h10min e retornar com decolagem às 15h35min em qualquer dia da semana, de domingo a sexta-feira.

Fonte: Prefeitura de Lages



Links Patrocinados




Previsão do Tempo


Hoje em Lages, SC:
Sol com algumas nuvens. Não chove.


MÁX: 19°C  MIN: 6 °C
veja a previsão completa