Fundação Cultural recebe exposição de eco art de Marlete Palhano


Categoria Cultura
Publicado em 04/10/2016




A arte impulsiona os processos de percepção, sensibilidade, cognição, expressão e criação. E tem também o poder de sensibilizar e proporcionar uma experiência estética, transmitindo sensações e emoções ao espectador ao observar a obra.

A exposição “Secos e molhados e miudezas em geral...” está baseada em proposições na arte para temas relacionados ao meio ambiente por meio da eco art. O trabalho fica na Fundação Cultural de Lages (FCL) durante este mês de outubro. As obras foram recriadas e recontextualizadas com a pesquisa de objetos e suportes reciclados. Eles desenvolvem um olhar reflexivo estético diante do fenômeno do consumo de massa.

Este processo artístico proporciona um novo olhar mudando totalmente a visão das coisas, compartilhando conhecimentos, estimulando capacidades, transformando e despertando os sentidos para a criação.

A artista plástica Marlete Palhano explica que a arte impulsiona os processos de percepção, sensibilidade, cognição, expressão e criação. E que tem também o poder de sensibilizar e proporcionar uma experiência estética, transmitindo sensações e emoções ao espectador ao observar a obra. “O conceito do meu trabalho foi desenvolvido com o elemento artístico, a escultura”.

Sobre a artista

Marlete é formada em Artes Visuais (2004) e Mestre em Educação (2010) pela Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), desenhista, ilustradora, escritora, fotógrafa, professora universitária e Arte/Educadora em seu atelier com cursos de desenho artístico e pintura em tela para crianças, jovens e adultos.

Fonte: Prefeitura de Lages



Links Patrocinados




Previsão do Tempo


Hoje em Lages, SC:
Sol com algumas nuvens. Não chove.


MÁX: 20°C  MIN: 4 °C
veja a previsão completa