Avenida Papa João XXIII passará por mudanças gradativas até o final do ano


Categoria Infraestrutura
Publicado em 19/05/2017




Os comodismos da vida moderna, aliados à agilidade no ir e vir durante o dia-dia, à praticidade, assiduidade nos compromissos e acesso facilitado ao crédito para aquisição de veículos, provocam o aumento acelerado na frota de veículos de todas as cidades. E Lages, embora seja considerado um município de interior do Estado não fica para trás. Diante destes argumentos, a Coordenação de Segurança e Trânsito/Diretoria de Trânsito (Diretran) justifica as adequações pelas quais algumas vias urbanas de maior fluxo irão passar nos próximos meses e até anos, buscando-se a harmonização do trânsito, a melhor relação entre motorista e pedestre e, principalmente, da segurança dos usuários, pois todas as pessoas, inclusive as quem não possuem carro, dependem de algum meio de transporte, seja ele cotidiano ou esporádico.

A Diretran está planejando mudanças vultuosas na avenida Papa João XXIII, bairro Petrópolis. A primeira operação a ser executada será no sentido de descida (bairro/centro), em que existem duas pistas. A do lado direito, na altura do semáforo, dá acesso unicamente à Avenida Belizário Ramos (Carahá) em direção ao Triângulo. Em parceria com a Secretaria de Planejamento e Obras será alargada a passagem de veículos sobre a ponte do rio Carahá, dando acesso à direita (Carahá); à frente, em direção à Rua Castro Alves (acesso à Praça Joca Neves), ou opção de dobrar para a rua São Joaquim (Praça da Fraternidade). Portanto, serão três opções de acessos neste sentido.

É possível caber dois carros lado a lado na pista de descida, pois a situação está dimensionada. A pista suportará dois veículos até a altura dos Materiais de Construção Ambrósio. Após este trecho haverá estreitamento. Não será necessária a retirada de estacionamentos laterais.

A passagem de pedestre, hoje elevada ao lado do corrimão da ponte, será estreitada e nivelada ao asfalto, garantindo a segurança. As mudanças relacionadas à descida e ao alargamento da via sobre a ponte começaram a ser executadas nesta terça (16). Do lado direito, sentido subida, será proibido estacionamento do lado direito, desde os Materiais de Construção Ambrósio, evitando fila única e abrindo mais uma pista de rolamento. Deste lado, todos os pontos de estacionamento serão proibidos.



Melhor divisão de fluidez


A medida visa desafogar o trânsito na descida da Papa João XXIII, repartindo a carga em cada pista. O coordenador de Segurança e Trânsito, Jacinto Bet, explica que atualmente há pouquíssimos carros na pista da direita e entre 40 e 60 na pista da esquerda, para seguir em frente ou dobrar para a Carahá. “O congestionamento, por diversas vezes, ultrapassa o trecho do depósito do Supermercado Myatã.” A única proibição de estacionamento neste sentido da via será a partir de um depósito da Semasa, em uma curva, possibilitando o movimento de dois carros simultaneamente.



Passagem de bicicletas


Quanto à subida, a ciclovia na Papa João XXIII será deslocada, pois atualmente há impedimento da subida de dois veículos. A ideia é realocar a ciclovia para a calçada, que tem quatro metros. Serão destinados dois metros para a ciclovia e dois para os pedestres, sendo possível o tráfego de dois carros ao mesmo tempo. “A ciclovia está implantada desde o cruzamento com a floricultura até a Rua Joinville e é muito larga. Hoje, o cidadão que ter um caminhão pesado a sua frente na subida terá transtornos. Uma fila enorme se formará. Será pista dupla e haverá somente estacionamento em pontos comerciais”, pontua Jacinto Bet.

Conforme aponta o coordenador, na questão de mobilidade será mantida a ideia de implantação de ciclovias, de acordo com determinação da administração Antonio Ceron. “É o que existe de mais moderno no mundo. Temos de 15 a 16 quilômetros de ciclovia em Lages (as maiores estão nas avenidas Carahá, Duque de Caxias e Dom Pedro, e Rua Humberto de Campos). Nossa intenção é, até o final deste mandato, duplicar este número. O Poder Público deve oferecer condições de segurança para que as pessoas possam praticar. Após, aí sim, estimular o ciclismo.”

A ciclovia da Papa João XXIII foi estudada beneficamente, “talvez tenha sido mal dimensionada, exagerada na largura, ou poderia ter sido projetada em cima da calçada, que hoje é muito larga. Passam poucos ciclistas e poucos pedestres naquela área. Entretanto, sua existência é salutar. Não será extinguida, pelo contrário”, sublinha o coordenador.


Demais modificações


No complexo da Papa João XXIII, a Diretran percebeu uma dificuldade de os moradores do Petrópolis tomar a principal avenida através da Rua Joinville (em frente ao Mosteiro Nazaré). Há uma forte inclinação prejudicial à visibilidade aos motoristas, tanto os que desejam seguir à direita, ou converter à esquerda, além de dificultar o arranque. Diretran e Secretaria de Planejamento e Obras estudam formas de engenharia para resolver o impasse. Uma delas seria a proibição da saída pela Joinville (descida normal e livre circulação), com acesso pela Rua Blumenau (em frente à Uniasselvi). Uma cancela seria posta como bloqueio com a inscrição “Proibido continuar”.

A segunda opção seria desviar a Joinville na saída (subida), com passagem pela direita no topo da Papa João XXIII. Ou seja, os carros subiriam pela Joinville e ao chegar na referida avenida dobrariam à direita numa faixa de domínio do Município, para então fazer a travessia em superfície plana. Uma terceira opção seria a proibição da saída pela Joinville, com acesso pela Blumenau e chegada a uma nova rótula na chegada à Papa João XXIII, solucionando também um problema relacionado ao movimento de alunos da Uniasselvi. Outra ideia seria acessar a faixa de domínio já mencionada e ser implantada uma rótula no meio da Papa João XXIII, entre os acessos à Joinville e Blumenau, em frente a uma residência azul, atribuindo segurança e melhor visibilidade. Todas as possibilidades estão sendo estudadas. “Sob meu ponto de vista, a solução mais rápida, prática e barata seria a proibição da saída pela Joinville, com acesso à Blumenau e a instalação de uma rótula.”

Estuda-se, ainda, uma travessia elevada (lombada) próximo ao posto de combustíveis, onde há intensa conversão para a esquerda (descida), com acesso aos bairros Beatriz, Gralha Azul e São Pedro. Poderá ser implantado um refúgio aos carros ou um redutor de velocidade.

Fonte: Prefeitura de Lages



Links Patrocinados




Previsão do Tempo


Hoje em Lages, SC:
Sol com algumas nuvens. Não chove.


MÁX: 19°C  MIN: 6 °C
veja a previsão completa