Warning: strtotime(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/pl/public_html/noticiasver.php on line 56

Warning: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/pl/public_html/noticiasver.php on line 56
Está proibido o consumo de álcool nas ruas de Lages - Notícias - Portal Lageano

Está proibido o consumo de álcool nas ruas de Lages


Categoria Política
Publicado em 24/06/2015




Entrou em vigor neste mês de junho no município a lei 4080/2015 que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas nas ruas em Lages. O valor da multa para quem estiver bebendo nas ruas é de R$ 756,00. Já o responsável pela venda do produto pode pagar até R$ 1.260.00. A sanção pode ser duplicada para cada reincidência.



Municípios como Curitibanos, Correia Pinto e Jaraguá do Sul já possuem leis semelhantes e o resultado é a diminuição de ocorrência de perturbação de ordem pública e de brigas, além de menor incidência de pessoas dirigindo sob o efeito de álcool.



Assunto foi aprovado na Câmara já em 2014



O tema começou a tramitar na Câmara de Vereadores em 2012. Após passar por discussões na Casa e com a população por meio de uma audiência pública, o projeto de lei, de autoria do legislador Marcius Machado (PR), foi aprovado em setembro de 2014, mas precisava da regulamentação por parte da Prefeitura.. O prefeito vetou o projeto em novembro, mas o Legislativo derrubou o veto e manteve a decisão da promulgação da lei.



"Esta é uma lei de 1º mundo. Para que possamos ser grandes, temos que agir como gigantes. Ela trabalha em várias frentes: na saúde, na educação, na segurança, no meio ambiente, na conscientização da criança e do adolescente. É forjada em prol do interesse coletivo como fundamento ao maior bem do ser humano, que é a vida", definiu Marcius.



Prefeitura é a responsável pela fiscalização



A fiscalização ficará sob a responsabilidade dos fiscais de serviços públicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Públicos, sendo que a emissão de multa será encaminhada à Diretoria de Tributos da Secretaria Municipal da Fazenda. Caberá ainda à Diretoria de Fiscalização o procedimento de cassação do alvará de localização e funcionamento de contribuintes e estabelecimentos que descumpram a lei.



Eventos em geral e atividades promovidas por bares, quiosques, lanchonetes e restaurantes poderão receber autorizações precárias através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Públicos.



Para os efeitos da lei, são considerados logradouros públicos: avenidas, rodovias, ruas, alamedas, servidões, caminhos, passagens, calçadas, praças, ciclovias, via férrea, pontes, viadutos, área externa de campos de futebol, ginásio de esportes e praças esportivas de propriedade pública, repartições públicas e adjacências, hall de edifícios e estabelecimentos comerciais e pátios e estacionamentos conexos à via pública e não cercados.

Fonte: Câmara de Lages



Links Patrocinados




Previsão do Tempo


Hoje em Lages, SC:



MÁX: 30°C  MIN: 19°C
veja a previsão completa