Prefeito assina convênio com a Cooperlages


Categoria Meio Ambiente
Publicado em 31/03/2016




Uma decisão política pública do município contribuirá para a transformação do dia a dia das famílias moradoras de Lages que sobrevivem da renda obtida com o recolhimento, triagem e comercialização de resíduos provenientes da coleta seletiva. Um largo passo para o alcance desse propósito foi dado na tarde desta terça-feira (29). Trata-se de um convênio entre a prefeitura e a Cooperlages.

O prefeito Elizeu Mattos assinou o documento destinando R$ 18 mil mensais por 12 meses, totalizando R$ 216 mil, podendo ser renovado daqui a um ano. “A população precisa nos ajudar e participar desse processo de coleta seletiva. Acreditamos que daqui em diante, com essa nova organização, os serviços serão melhorados e possamos nos tornar um exemplo”, diz Elizeu.

A Cooperlages está situada no bairro São Miguel. As atividades são acompanhadas pela Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP), da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac). A presidente da Cooperlages, Neuzita dos Anjos, diz que os recursos serão aplicados na aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), uniformes e manutenção de esteiras e prensas, entre outros. “Agradecemos ao prefeito Elizeu e esperamos, com ansiedade, que dê tudo certo, pois dezenas de famílias dependem dos bons resultados desta parceria”, argumenta Neuzita.

O professor coordenador do ITCP, Geraldo Augusto Locks, e o diretor executivo do Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico, Meio Ambiente, Atenção à Sanidade dos Produtos de Origem Agropecuária e Segurança Alimentar (Cisama), Selênio Sartori, estavam presentes. “Tenho 46 anos de moradia em Lages e hoje estou vendo uma cena inusitada junto aos catadores cooperados. Poderemos iniciar uma Política Nacional de Resíduos Sólidos. Nosso município está enquadrado na Lei Federal número 12.305, um grande esforço do governo federal. Lages poderá ser referência para qualquer município. No ITCP temos um grupo de 15 professores e estudantes engajados na causa”, destaca Locks. “Parabéns à administração pela decisão política que tomou em favor destas famílias”, completa Selênio.



Responsabilidades de ambas as partes

Caberá ao município o repasse financeiro mensal e a disponibilização de frota composta por três caminhões adaptados de acordo com a Lei Federal 12.305, equipados com GPS para cumprimento correto do roteiro, direcionados para armazenagem dos materiais após coleta nos bairros e transporte até o São Miguel. O terceiro veículo foi reaproveitado (iria a leilão e foi recuperado, com restauração de chassi e cabine, com gaiola nova). O município está cedendo, também, motoristas e quatro recicletas, que são equipamentos experimentais, bicicletas com gaiolas de metal. Futuramente deverão ser licitadas mais 30.

Outra alteração diz respeito aos coletores, que serão os cooperados. Até agora a coleta era realizada por colaboradores vinculados ao município. A decisão foi tomada diante da justificativa de que os próprios coletores conhecem melhor os produtos a serem recolhidos, bem como a prospecção de valores a serem cobrados. Já à Cooperlages competirá a coleta, triagem e comercialização dos materiais, com reversão da renda para os cooperados de forma organizada, enquanto para o ITCP caberá o acompanhamento e orientações.



Vantagens

Com os cooperados na função de coleta seletiva será possível estender a vida útil do aterro sanitário municipal, pois deixará de ser descartado naquele local, além de diminuir os passivos ambientais para o município, o que é bastante oneroso, melhorar o aspecto da limpeza da cidade e elevar a interação entre os catadores e as famílias neste trabalho social e de conscientização ambiental.



100% da cidade cobertos

Até então, 44 bairros e loteamentos recebiam os caminhões em suas ruas e avenidas para a coleta seletiva. A partir de agora serão cobertos 100% do território urbano com regularidade. Todas as partes já estão mapeadas. O trabalho da coleta seletiva visa ao recolhimento exclusivo de materiais recicláveis, como vidro, papel, plástico e metal, diferentemente da coleta normal de lixo realizada diariamente no Centro e três vezes por semana nos bairros.



Entrega na sexta-feira

A entrega dos três caminhões e das quatro recicletas está marcada para as 14h de sexta-feira, 1º de abril, no largo da Catedral, quando serão divulgados os roteiros de coleta seletiva nos bairros. Na segunda e terça, dias 4 e 5, serão realizados os primeiros testes com os roteiros. Na quarta-feira, dia 6, o trabalho deverá começar efetivamente.



O caminho

O secretário de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Mushue Hampel, diz que o convênio era muito esperado pelos 23 cooperados beneficiados pela entidade. Foi feito um aprofundado planejamento para a implantação do serviço. O primeiro passo foi elaborar um plano de coleta seletiva em 2014, o Plano Municipal de Saneamento Básico, através da empresa Ampla, em que a Cooperlages está inserida em seus preceitos, uma exigência legal federal. “Feito isso, a cooperativa existente na época, a Coopercicla, foi incubada no ITCP. O trabalho foi acompanhado pelo período de um ano e num segundo momento qualificou as pessoas acerca de valores cobrados pelo quilo de material, agregação, contexto ambiental, entre outros tópicos”, reitera.

O processo prosseguiu com a regulamentação e criação de um CNPJ na semana passada, surgindo a Cooperlages. Lembrou-se, na ocasião, de que a questão administrativa da Cooperlages estava irregular, o que foi solucionado. Posteriormente foi costurada uma proposta de acordo com o Conselho de Defesa do Meio Ambiente (Condema), assunto tratado entre conselheiros, ITCP e cooperados. Os trâmites foram finalizados nesta terça com a assinatura do convênio.

Fonte: Prefeitura de Lages



Links Patrocinados




Previsão do Tempo


Hoje em Lages, SC:
Dia de sol, com geada ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde.


MÁX: 16°C  MIN: 3 °C
veja a previsão completa