Aberto oficialmente o Mês do Meio Ambiente em Lages


Categoria Meio Ambiente
Publicado em 10/06/2016




Com o tema “Pensando globalmente e agindo localmente”, foi aberto oficialmente o Mês do Meio Ambiente, em Lages, promovido pela Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos e instituições parceiras. O teatro do Serviço Social do Comércio (Sesc) esteve lotado na cerimônia de abertura, que aconteceu na noite desta segunda-feira (6). Profissionais da área, estudantes, pesquisadores e autoridades ligadas ao meio ambiente marcaram presença.

A solenidade contou com a apresentação do grupo de dança da Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Nossa Senhora dos Prazeres, do bairro Santa Catarina.Como atração principal, a palestra “Uma perspectiva civilizatória para as questões ambientais locais”, com o professor Daniel José da Silva, da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc).“Muito bom saber que tantas pessoas se interessam pelas questões ambientais em nosso município. Tenho certeza de que todos vieram com as mentes abertas para ouvir e refletir, por uma causa maior”, comenta o secretário de Meio Ambiente, Adilson Panek.

Muitas instituições, como a Polícia Militar Ambiental, o Instituto José Paschoal Baggio, Grupo Garis, Fundação do Meio Ambiente (Fundema), Projeta Ambiental Jr., Programa Matas Legais, empresa Klabin,Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida (Apremavi), entre outros, uniram forças para que a programação do Mês do Meio Ambiente seja sucesso. “O meio ambiente é um assunto importante e apaixonante. Cada instituição traz sua visão sobre as questões para que sejam articuladas ações e reflexões, pois é preciso repensar o desenvolvimento aliado à sustentabilidade”, diz Ilton Agostino Júnior, soldado da Polícia Militar Ambiental.



Evento inédito

O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em5 de junho, marca a data da primeira Conferência Mundial de líderes discutindoo meio ambiente, na cidade de Estocolmo, na Suécia, em 1972.Pela primeira vez, autoridades, estudiosos e diplomatas ficaram cerca de uma semana envolvidos com o tema, algo inédito até o momento.Voltando para os tempos modernos, com o objetivo de ter maior alcance e mobilização da comunidade local, Lages está realizando pela primeira vez o mês inteiro de atividades.

A programação atende a todos os públicos. “A administração municipal está de parabéns. Que nos próximos anos esse período seja estendido para dois ou três meses, ou quem sabe o ano inteiro de atividades voltadas ao meio ambiente, trazendo o tema para as escolas e para a comunidade”, diz o palestrante e professor Daniel José da Silva.

A palestra, como primeira atividade da programação do Mês do Meio Ambiente em Lages, foi pensada em conjunto com o objetivo de promover a expansão das reflexões acerca das condições ambientais locais. Para Daniel, os cidadãos perderam um pouco da noção de cuidado, prudência, atenção às experiências passadas e responsabilidade quanto ao meio ambiente. “As gerações atuais precisam ter ao menos alguma noção das implicações futuras que ocorrerão caso continuemos nos comportando de forma tão indiferente”, pondera.



Lages e sua vocação ecológica

O professor salienta que Lages precisa dar exemplo, pois a cidade possui dois dos maiores bens comunsdo Brasil e que são singularidades planetárias, ou seja, só existem nesta região. Uma delas é a zona de recarga do Aquífero Guarani, reserva subterrânea de água doce (considerada até o momento a maior do mundo), localizada na região sul da América do Sul (partes do território do Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai). “As pessoas precisam saber disso e da importância desse patrimônio natural. Vamos fazer trilhas percorrendo os pontos de recarga, campanhas, cartazes, outdoors, tudo o que for possível para divulgar essa maravilha”, sugere.

A outra singularidade é a floresta de araucária (angustifólia), um dos tipos mais perfeitos da biosfera, conforme defende Daniel José da Silva. “É a mais perfeita, desde sua estética até sua reprodução familiar. Lages precisa encontrar sua vocação ecológica e outrosmeios de proteção desses dois bens comuns”, afirma.



Próximas atividades

06 a 30/06 – Trilha Ecológica no Parque Natural Municipal (com agendamento)

07/06 – 8h30min – Oficina para técnicos sobre sustentabilidade, no Centro Ambiental

13 a 14/06 – 8h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min: oficina “Pequenas atitudes, grandes mudanças”, no Centro Ambiental, para professores

20 a 23/06 – Oficina “Cores da Terra”, promovida pela Epagri, no Centro Ambiental

22/06 – 8h30min – Seminário “Preservação da Mata Atlântica”, no CAV/Udesc

23/06 – Seminário “Preservação da Mata Atlântica”, para técnicos, na Amures

26/06 – 9h30min – II Pedalada Ecológica, com percurso da praça Joca Neves até o Parque Natural

27 a 29/06 – Oficina “Água em Foco”, no Centro Ambiental

30/06 – Projeto Arte Vida Verde, do Sesc, na praça João Costa (calçadão)

Fonte: Prefeitura de Lages



Links Patrocinados




Previsão do Tempo


Hoje em Lages, SC:
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.


MÁX: 25°C  MIN: 13°C
veja a previsão completa