Lages sai na frente com a inauguração do Parque Órion


Categoria Geral
Publicado em 28/06/2016




Em uma solenidade memorável para a história do desenvolvimento de Lages no ano em que o município completa 250 anos desde sua fundação, inaugurou-se, na manhã desta sexta-feira (24), uma megaestrutura arquitetônica moderna e rica em design arrojado, o que transformará Lages em um ícone de tecnologia e inovação para as próximas décadas, o Centro de Inovação Luiz Henrique da Silveira, dentro do complexo Parque Órion, baseado na tríplice hélice composta pelo poder público, universo empresarial e academias de ensino.

Personalidades do campo político, empresarial, acadêmico e institucional prestigiaram a cerimônia de entrega do primeiro de um total de 13 centros tecnológicos a serem construídos em Santa Catarina pela união de esforços entre o governo do Estado e prefeituras. A placa de inauguração foi descerrada com o auxílio de um braço mecânico manipulador com programação criada por professores do Instituto Federal de Santa Catarina (Ifsc) de Lages, dos cursos de técnico em mecatrônica e eletrônica, e superior em engenharia mecânica.

O edifício central do Parque Órion foi erguido às margens da rua Heitor Villa-Lobos, no bairro São Francisco, ao lado do campus do Ifsc, com distribuição em quatro mil metros quadrados e cinco pavimentos, num terreno com 90 mil metros quadrados. Está dotado de aproveitamento da luz solar, passeios públicos, ciclovia, elevador panorâmico, videohall, 34 salas amplas para utilização por parte das empresas com projetos incubados e residentes, quatro auditórios para convenções, seis salas de reunião, completo laboratório de informática, praça de alimentação, área de convivência e sala de recreação.

No local poderão ser desenvolvidos projetos, mentorias, consultorias em negócios e internet, e segurança eletrônica, bem como amplo espaço e ambientes para exercícios que contemplam a produtividade, treinamentos e coworking. Algumas das principais iniciativas em inovação serão parceiras do Parque Órion - Conexão Serra, GeraçãoTec, Programa Sinapse da Inovação e Projeto Reuni. Empresas satélite instalaram unidades no entorno do Centro de Inovação, sendo a NDDigital e faculdade de T.I. do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e há intenção da Flex Contact Center, sendo sua terceira estrutura em Lages. No decorrer da tarde e à noite desta sexta serão proferidas palestras para o público interessado.

Um dos municípios que mais cresceu em 2015

O prefeito Elizeu Mattos destacou em seu discurso o fato de que mesmo com este panorama nacional de crise econômica, Lages vive uma de suas melhores fases e comparou a época à década de 1960, o auge do setor madeireiro. “Esta obra oportuniza uma clara amostra de que, quando todos trabalham no mesmo sentido, a vitória é certa. O Parque Órion não tem proprietário, é um empreendimento de todos os lageanos, serranos e catarinenses. Uma estrutura que mostra as qualidades de Lages. O que foi vivenciado nas experiências tecnológicas em Barcelona, teremos em Lages a partir de hoje. Dispomos de uma Lages ascendente, pois somos parte de um dos municípios que mais cresceram em 2015”, exemplifica. E enquanto companhias aéreas fecham rotas no Brasil, na terça-feira (28), diz Elizeu, iniciará uma das mais importantes operações do país, sem falar nas empresas em expansão e em instalação na cidade.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Juliano Chiodelli, salienta que este será um novo vetor de desenvolvimento para a região. “É um grande passo. Jovens terão novas oportunidades e os caminhos deverão ser menos árduos”, entende. “O Órion abre as portas para o conhecimento e deve multiplicar potencialidades num segmento em que o Estado já está bem qualificado”, define o governador Raimundo Colombo. O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini, destacou que para a seleção das 13 cidades a receber os centros de inovação, entre as 295 do Estado, foram elencadas as que concentram mais de 50% do PIB.

Lages antes e depois

A estrutura pretende servir como um divisor de águas no segmento inovador, abrindo suas portas para o fomento de empresas industriais, comércio e serviços, baseadas em conceitos sustentáveis e de modernização em seus processos. Sua principal via de trabalho focará a exploração do campo de inteligência humana com a finalidade de consolidar um conceito ainda gerador de dúvidas entre a população, a inovação, para alcançar a transformação e agregação de valor a produtos e serviços sem deixar de lado a vocação regional da Serra catarinense.

O complexo foi idealizado em 2007 por um grupo de empresários do Núcleo de Tecnologia da Informação (T.I.) da Associação Empresarial de Lages (Acil) com apoio de universidades e entidades, e encontrou subsídios nas esferas municipal e estadual. No dia 12 de julho de 2013 foi assinada a ordem de serviço, autorizando a empresa JK Engenharia a iniciar a construção. Os investimentos chegaram a R$ 6,5 milhões do Estado e R$ 3,2 milhões da prefeitura.

Uma conquista conjunta

Um dos grandes entusiastas da causa do Parque Órion é o presidente interino do Instituto Órion, Valmir Tortelli. “Desejamos criar uma nova cultura na região e ser referência para Santa Catarina por sermos os pioneiros. O objetivo é sediar empresas start-ups e núcleos de pesquisa e desenvolvimento, além de Lages estar inserida nos programas estadual, nacional e internacional de inovação para pequenas e grandes empresas”, sublinha.

O Executivo do Instituto Órion, Claiton Camargo, será o responsável a quem os interessados deverão se dirigir para tratar de assuntos referentes ao Parque. Já existe uma agenda de eventos programados, promovidos pela Acil Jovem, Sebrae, 2º Conexão Serra e Projeto Reuni. O lançamento do edital para empresas que desejam se habilitar para fazer parte do Órion está previsto para ser lançado no dia 18 de julho.

Homenagem a Luiz Henrique

Um dos maiores incentivadores da pesquisa e tecnologia em Santa Catarina, o ex-governador, ex-senador da República e ex-ministro da Ciência e Tecnologia, Luiz Henrique da Silveira, foi lembrado. Elizeu Mattos manifestou seu respeito e admiração pela carreira política de Luiz Henrique, agradeceu sua contribuição para o país e entregou à viúva Ivete Appel da Silveira um vaso de orquídeas simbolizando a gratidão da Serra. “Ele foi meu segundo pai. Agradeço aos vereadores pela aprovação na Câmara sobre o nome do Centro de Inovação. É um cidadão que faz intensa falta neste país”, define o prefeito.

Assinaturas

Durante a cerimônia, Raimundo Colombo assinou o segundo termo aditivo de parceria técnica e financeira relacionado ao desenvolvimento científico e tecnológico, firmada entre a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e a Fapesc. Além deste documento foi assinado o convênio com o Projeto Sinapse, com o intuito de fomentar propostas de empresas catarinenses com processos inovadores, incorporando tecnologias aos setores econômicos a que se destinam, através de vieses sustentáveis. Oito empresários celebraram o convênio e serão auxiliados com uma injeção de recursos estaduais na ordem de R$ 645 mil.

Fonte: Prefeitura de Lages



Links Patrocinados




Previsão do Tempo


Hoje em Lages, SC:
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.


MÁX: 25°C  MIN: 13°C
veja a previsão completa